quarta-feira, 1 de abril de 2009

Poema

Let's Dance

Os teus olhos são negros
Como a dança que o teu corpo balança
Com ritmo quente
E um pouco de imaginação.

Salta e segura a batida
Que transpira da emoção
E sustém a respiração só por um momento.
Noutro terás o mundo a teus pés...

Segue os teus instintos sem pudor,
Ouve o mundo aplaudir
Sem receios ou desconfianças
Vamos dançar?

BM

3 comentários:

Flávia disse...

ai que o menino está a escrever tão bem!! Gostei particularmente do ritmo e musicalidade do poema!

Bruno Marques disse...

Thanks. Já o tinha colocado no outro blogue. Agora foi aqui. Também gosto particularmente deste poema...

Flávia disse...

Olha, então é porque me soube melhor agora :D