terça-feira, 29 de junho de 2010

Agora

Um tributo



;)

Rir

Existe algo tão engraçado como estar no cinema, com a sala completamente escura, e ouvir no banco atrás de nós um balde de pipocas espalhar-se por completo no chão e por cima das pessoas? O som das pipocas a caírem é muito engraçado.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Futebol

O futebol é engraçado. Sobretudo a atmosfera que o rodeia por alturas de grandes acontecimentos como é o caso dos mundiais de futebol. E nestas circunstâncias toda a gente escreve e comenta sobre futebol, seja nos jornais ou revistas e na televisão, como de grandes entendidos se tratasse.

E mesmo que nos restantes dias do ano e dos anos sem grandes acontecimentos futebolísticos se desvalorize a importância deste fenómeno, a curiosidade é que o futebol consegue promover grandes reflexões e preocupações (veja-se o caso da França), colocando quase tudo a girar à sua volta.

Convém não desprezar nem esquecer a importância que este fenómeno pode causar nas diferentes sociedades. E se é verdade que muitas vezes se sobrevalorizam os êxitos, aproveitando ao máximo as suas consequências positivas, também não é menos verdadeira a suposição de que os factos negativos têm de ser sempre abordados com algum cuidado.

Veio a Maria Clementina

domingo, 27 de junho de 2010

Música

Para ouvir...

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Animais

Vejam e riam-se com um dos vídeos mais vistos no You Tube neste momento...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

terça-feira, 22 de junho de 2010

É mesmo assim

Quando procuramos respostas, enchem-nos de perguntas. Se precisamos de sorrisos, teremos inevitavelmente lágrimas. Se estou à espera que tomes a iniciativa e sejas tu a iniciar a conversa, então o silêncio é tudo o que nos separa. Quanto preciso de tranquilidade, sossego e descanso, tu procuras agitação e barulho. Se a melodia toca suave nos meus ouvidos, o teu instinto corta-lhe o volume.

Acho que é mesmo assim.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

I Know

..."someday I'll do"...

Música

Faz-me lembrar outros tempos.

domingo, 20 de junho de 2010

Cerejas

Estamos na época das cerejas e é quase obrigatório termos algumas em casa. Adoro cerejas, mas sempre que meto uma na boca tenho um pensamento que se solta na cabeça. O facto de poderem ter bicho. Tento abstrair-me da ideia, algo que não é fácil, e depois fecho os olhos. Para não "ver" o possível bicho no interior das suculentas das cerejas...:)

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sweet like you

Sweet Disposition
Sweet disposition
Never too soon
Oh, reckless abandon
Like no one's
Watching you


A moment, a love
A dream aloud
A kiss, a cry
Our rights, our wrongs
A moment, a love
A dream aloud
A moment, a love
A dream aloud


(Chorus)
So stay there
'Cause I'll be comin' over
And while our bloods still young
It's so young
It runs
And we won't stop til it's over
Won't stop to surrender


Songs
Of desperation
I played them for you
A moment, a love
A dream aloud
A kiss, a cry
Our rights, our wrongs
A moment, a love
A dream, aloud
A moment, a love
A dream aloud


(Chorus)
So stay there
'Cause I'll be comin' over
And while our bloods still young
It's so young
It runs
And we won't stop til it's over
Won't stop to surrender

CQC

O Pedro recomendou-me este vídeo que é uma excelente forma de terminar o dia. Ou melhor, de começar um novo dia. Vejam e riam-se bastante...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Silêncio

A inspiração faz-se dos pequenos momentos. Do estalar dos dedos, da lágrima que cai sem destino ou do desejo apertado pelo infinito. Por vezes fácil de encontrar, pelo medo do desconhecido de amanhã, ora difícil, sem remédio, nos curtos espaços por preencher. Não se persegue nem se conquista. Espera-se que chegue, com pezinhos de lã, sem dar por ela, sorrateira, muda, um silêncio em forma de nota melodiosa. De ausência em ausênsia, vai e volta.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Caminhos

Qual é o melhor caminho? O mais curto ou o mais rápido? Escolham vocês...

domingo, 13 de junho de 2010

...

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

Alexandre O'Neill

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Música

Porque nunca é de mais. De preferência para ouvir de olhos fechados e volume para lá de meio...:)

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Anti teoria 1

Se partisse agora será que sentirias a minha falta?

Não é sobre a minha pessoa mas questionem quem está ao vosso lado.

Teoria número cinco

Até que ponto conhecemos bem uma pessoa? Grande parte delas não vamos sequer chegar a conhecer superficialmente, outra parte vamos tentar conhecer e não conseguir e outra parte ainda, a mais pequena de todas, é constituída pelas pessoas que conhecemos como a palma das nossas mãos. Daquelas em que basta uma troca de olhares para sabermos tudo o que lhes vai no interior. Não é fácil atingir este nível.
Mesmo chegando a este ponto, a questão é que jamais vamos conhecer alguém profundamente. Somos demasiado densos, complexos, diferentes, se quiserem, somos únicos. Temos os nossos mistérios, os segredos guardados a sete chaves e aqueles pensamentos que vagueiam enclausurados o nosso pensamento. São a nossa essência. Ninguém abdica dela de forma consciente e a dá a conhecer.

Quantas pessoas conhecemos bem ao longo das nossas vidas? Talvez se contem pelos dedos de uma mão, talvez ultrapasse as duas mãos, talvez… Passar demasiado tempo juntos pode ser um bom ponto de partida, mas na verdade pode também querer dizer muito pouco ou quase nada. Há pessoas que têm o dom de ver para lá do evidente e outras que conseguem mostrar-se sem artifícios logo no primeiro contacto. Como é que nos conhecemos? De variadas formas e feitios, sem uma receita mágica, sem uma solução infalível, sem uma lista cheia de regras. É fácil perceber quando nos pedem algo sem precisarem de usar palavras.

Eu tenho uma teoria. Não conhecemos as pessoas na medida que queremos. Conhecemos delas apenas o que elas quiserem mostrar. Tem de ser um jogo de dois sentidos, de consentimento mútuo, de vontades conjugadas. Há pessoas transparentes, que não conseguem esconder o que são, e nesses casos o caminho pode ser mais curto. Mais longo se a confiança tiver de ser conquistada passo a passo. Para conhecer bem alguém é preciso muito mais do que um simples estalar de dedos. É uma batalha que exige coragem e traduz o que somos e não o que queremos ser.

Pensamento

A vida não é fácil. Não existe um manual de instruções para seguir. Caso existisse, todas as pessoas seriam felizes.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Planos

Por muitos planos, demasiados desenhos mentais ou perspectivas que possas criar, jamais o previsto resulta em realidade. Essa realidade que esperas surgirá somente quando o olhar estiver noutra direcção.

Bom... que bom que era!



Stay!

domingo, 6 de junho de 2010

Ao domingo

Os domingos são quase sempre uma tragédia. Haverá dia pior? Nada parece normal e nunca sabemos muito bem o que fazer. Andar na estrada é um desespero, ficar em casa não dá em nada e tudo tem um sabor diferente. A música é a única forma de atenuar o "sofrimento".

sábado, 5 de junho de 2010

Na revista Sábado

Um artigo publicado na revista sábado dá conta do estudo que as seguradoras fizeram para ajudar em determinadas contas. Assim, ao longo das nossas vidas, segundo esse estudo, vamos:

sangrar do nariz - 157 vezes
pensar em sexo - 367.263 vezes se for homem e 145.087 se for mulher
tomar banho - 5.803 horas
rir - 435.265 vezes
fazer - 1.700 amigos
manter relações sexuais - 4.239 vezes
perder o comando da tv - 13.228 vezes
comer - 10.354 barras de chocolate, 854 latas de feijão cozido e 35 mil bolos
ter - 104.390 sonhos, 1.256 dores de cabeça e 393 torcicolos
ir à casa de banho - 174.175 vezes

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Frase

«De todas as coisas seguras, a mais segura é a dúvida»

Bertolt Brecht

Também tu B?



Quando comentar assim serei divertido!

6 minutos e qq coisa!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Música

Para ouvir...

O que vem a seguir?

Alguém se coloca à nossa frente e segura a nossa face com as duas mãos. De seguida, pede com gentileza: "fecha os olhos"...

O que é expectável que aconteça a seguir?

terça-feira, 1 de junho de 2010