domingo, 6 de junho de 2010

Ao domingo

Os domingos são quase sempre uma tragédia. Haverá dia pior? Nada parece normal e nunca sabemos muito bem o que fazer. Andar na estrada é um desespero, ficar em casa não dá em nada e tudo tem um sabor diferente. A música é a única forma de atenuar o "sofrimento".

1 comentário:

disse...

Ai Bruno, concordo plenamente!!Domingos são um desespero!!Este não fugiu à regra...Se podíamos viver sem música, sim podíamos, mas não era a mesma coisa :)