terça-feira, 22 de junho de 2010

É mesmo assim

Quando procuramos respostas, enchem-nos de perguntas. Se precisamos de sorrisos, teremos inevitavelmente lágrimas. Se estou à espera que tomes a iniciativa e sejas tu a iniciar a conversa, então o silêncio é tudo o que nos separa. Quanto preciso de tranquilidade, sossego e descanso, tu procuras agitação e barulho. Se a melodia toca suave nos meus ouvidos, o teu instinto corta-lhe o volume.

Acho que é mesmo assim.

1 comentário:

disse...

Complementaridade...Boa a maioria das vezes, outras nem tanto :P