terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Pensamento

«Porque aqui entre nós, há indivíduos que atravessam a passadeira com ar de que têm poderes para travar o nosso carro só com o olhar. E que, para além disso, são mimos de grande categoria, porque só pela expressão mostram bem que ficaram agastados com o chiar de um dos nossos pneus quando se preparavam psicologicamente para o seu passeio naquela parte da estrada que lhes pertence. E depois atravessam como se alguém os estivesse a filmar, e no fundo estão a representar para nós, isto em um nome em psicologia, que é - gente parva.»

In Tubo de Ensaio

1 comentário:

Pedro Reis Sá disse...

As verdades são para ser ditas.
Tem uma forma feliz de retratar a realidade... só isso e falar do atum!