sexta-feira, 23 de abril de 2010

Cortes e mais cortes

Dizem que as aranhas e as respectivas teias são o prenúncio de dinheiro. Que ter um trevo de quatro folhas ou entrar com o pé direito nalgum sítio dá sorte. Que o uivo do cão e o pio de uma coruja anunciam coisa triste e que quando se encontra um gato preto no caminho não se deve continuar por esse caminho até ao fim.

A pergunta que me faço é se estar constantemente a fazer cortes nos dedos não é sinal de alguma coisa. É que ultimamente tenho andado muito propenso a cortar-me, seja com facas ou vidros partidos. Isso quererá dizer alguma coisa? Ou simplesmente significa que sou muito desastrado com as mãos?

3 comentários:

patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Reis Sá disse...

Tens uma mão defeitosa na imagem.. parece os meus pés!
E nas canelas o que significam? eh eh eh

Bruno Marques disse...

Nas canelas significam que é a única forma de me pararem a jogar futsal...:P