quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Carrossel


Vejo muitas pessoas cuja vida é um “Merry-go-round”. Alegremente dão voltas e voltas, embalados por uma música suave, cavalgando delicados corcéis que desconhecem o significado de galope. No final da corrida, os passageiros saem satisfeitos e risonhos, prontos para “mais uma corrida mais uma viagem”.


A mim calhou-me a versão “montanha-russa”! Emoção, stress, adrenalina, altos e baixos…yuuuuupiiii…ufffaaaaa….


Quero mudar para o carrossel. Por favor. Eu tomo um comprimido para o enjoo…

3 comentários:

Bruno Marques disse...

Costumo dizer que não podemos ter só acesso às coisas boas. Para termos algumas boas, temos também de bater de frente com as más. Tudo feliz e sorridente também chateia.

Mas é claro que abrandar o ritmo, alternar da montanha russa para o carrossel de vez em quando também é preciso. Tenho também a certeza que és muito mais forte e capaz hoje do que antes dessas dificuldades.

Pedro disse...

tambem posso entrar no carrocel ?? :P

Sandra disse...

Bora lá Pedro! Comprimido? Precisas? Ou aguentas bem a monotonia?...;)